16 de setembro de 2010

ENTENDIMENTO NO CASAMENTO

 

Viver no casamento de forma harmoniosa é um desafio para homens e mulheres. É um desafio porque homens e mulheres são muito diferentes.
Por causa dessas diferenças é que muita gente já ganhou muito dinheiro escrevendo livros do tipo “Homens são de marte e as mulheres de Vênus”, “Porque os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor”, “os homens são ostras...as mulheres, pés-de-cabra” e outros do gênero.
Na Bíblia encontramos boas razões para maridos e esposas buscarem juntos a harmonia conjugal.
A primeira delas está em 1 Pedro 3.7. No texto citado, Pedro, que experimentou os desafios do casamento, recomendou que os maridos procurassem viver com suas esposas com entendimento.
É um imperativo dado por Deus aos casais. Embora o texto seja dirigido aos maridos, se aplica da mesma forma às esposas. Os cônjuges, se desejam agradar a Deus, devem se esforçar para entender um ao outro no lar. Entender é sinônimo de compreender. Para compreender é preciso se esforçar, colocar-se no lugar do outro, é estudar o jeito de ser do outro. Não é uma tarefa fácil, mas possível.
A segunda razão para os casais buscarem a harmonia conjugal, além de ser um imperativo bíblico, por se tratar de um requisito para que as orações sejam ouvidas. No mesmo texto, Pedro escreve: “para que as vossas orações não sejam impedidas”.
Lembro-me de uma certa vez que eu e mais dois amigos estávamos para fazer uma viagem até São Paulo. Antes de ligar o carro, meu amigo que estava ao volante pediu que meu outro amigo orasse. Ele começou a orar e logo interrompeu sua oração e disse que Deus não o ouviria porque tinha saído de casa brigado com a esposa. Ligou para esposa e pediu perdão e depois recomeçou a oração. Muitas orações não estão sendo atendidas porque há desarmonia conjugal. Viver em harmonia, com entendimento no casamento, é uma condição para Deus ouvir as orações do seu povo. Um marido ou uma esposa ao participar das reuniões de orações deve verificar se estão buscando juntos a harmonia, caso contrário Deus não os ouvirá.
O terceiro motivo para viver em harmonia no casamento está nos dois primeiros capítulos de Genêsis. Antes da queda, homem e mulher, marido e esposa, viviam em perfeita comunhão e entendimento. Não havia egoísmo, rixas e contendas. Viver em comunhão no casamento é uma busca dos cônjuges ao projeto de Deus para a vida a dois. É uma tentativa de resgate ao que existia no Édem antes da queda. É claro que aquele estado de perfeição não será jamais alcançado, mas em Cristo, casais podem viver de maneira harmonia e com entendimento e experimentar um pouco daquele estado.
Para se viver com entendimento no casamento é preciso alguns exercícios, como por exemplo, se colocar no lugar do outro, estudar, aceitar e saber conviver com seu temperamento e, acima de tudo, pedir sabedoria a Deus para viver este imperativo no cotidiano da vida conjugal.
É uma tarefa difícil, é verdade, mas possível. Possível porque Deus fez homem e mulher. Porque sua Palavra convoca os cônjuges buscarem este ideal e porque o Espírito Santo de Deus pode e deseja orientar os casais neste sentido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna.
João 4:14

E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.
Apocalipse 22:17
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

whos.amung.us