Porque os Cristãos Evangélicos hoje estão cada vez mais descredibilizados?

A IGREJA HOJE ESTÁ:

20 de junho de 2012

História Ana, a mãe do profeta Samuel


Ana, a mãe do profeta Samuel

Ana era casada com um homem israelita, um levita chamado Elcana. Naqueles dias, Deus permitiu que os homens têm mais de uma esposa e, muitas vezes havia maus sentimentos entre as mulheres. Este foi o caso na família de Elcana. Sua outra esposa, Penina tinha filhos, porém Ana não tinha filhos. Ela estava tão triste e queria desesperadamente ter um filho. Ela ainda se recusou a comer. Penina provocada e agravada dela o tempo todo e fez a sua vida miserável.

Todos os anos a família foi a Siló para adorar. Elcana viu Hannah chorando e se recusando a comer e ele falou-lhe suavemente e tentou consolá-la. Hannah se levantou e foi para o tabernáculo se para adorar o Senhor. Ela orou e pediu que lhe desse um filho. Ela disse que se ele lhe daria essa criança que ela faria uma promessa de devolvê-lo ao Senhor e não passará navalha jamais cortar o cabelo. Isto foi chamado o voto Nazireu. Ana  estava orando silenciosamente e seus lábios se moviam, mas nenhum som vinha de sua boca. Eli, o sumo sacerdote e juiz, quando a viu fazendo isso, pensei que ela tinha bebido e estava bêbada. Ele confrontou com ela sobre isso e disse-lhe para guardar o vinho. Ela disse que não estava bêbada, mas estava triste e derramando seu coração ao Senhor. Depois que ela disse-lhe sua história ele entendia o que estava acontecendo. Ele disse para ela ir em paz porque o Senhor ia responder a sua oração e dar-lhe um filho.

Ana acreditou nas palavras do sacerdote Eli. Ela era uma pessoa mudada. Ela não se sentia triste. Ela era uma pessoa alegre feliz, porque ela sabia em seu coração que ela teria um filho assim como o padre tinha dito. Ela começou a comer as suas refeições. Se Penina provocava ela ou zombavam de sua não fazia diferença porque ela sabia que também iria em breve ser mãe.

A família voltou para sua casa em Ramá, e em tempo Ana teve um menino. Ela chamou Samuel, uma palavra que significa "ouvido por Deus". Deus ouviu sua oração e atendeu.

Quando chegou a hora para a família para ir para o próximo ano Siló para adorar, Ana ficou em casa com seu filho. Ela disse: "Não até que o menino for desmamado, então vou levá-lo, para que apareça perante o Senhor e permanecer lá para sempre." Mais tarde, quando Samuel era um pouco mais velho de sua mãe o levou com ela para adorar. Ela também tomou sacrifícios para oferecer. Quando ela viu Eli ela lhe disse que era a mulher que tinha orado lá antes. Ela deixou Samuel no tabernáculo para ser criado por Eli, o sacerdote. Samuel seria dedicado ao Senhor toda a sua vida. Ela manteve a promessa de devolvê-lo a Siló para servir ao Senhor.

Enquanto Samuel estava em Siló ministrando ao Senhor Ana não esquecer seu filho. Oh não, ele estava em sua mente o tempo todo, e a cada ano que ele cresceu mais alto e mais alto que ela voltou e trouxe-lhe um manto que seria apenas o tamanho certo para ele. Deus também abençoou com mais filhos. Ela e Elcana tiveram mais três filhos e duas filhas.


O que essa história significa para mim?

Aprendemos com Ana o valor da persistência na oração. Ana não desistiu. Ela continuou a rezar. Deus não vai esconder nada o que seria bom para nós. Às vezes não podemos determinar o que seria melhor para nós, mas Deus sabe. Jesus disse que se uma criança pede um pai para o pão ele não será dada uma pedra, e, se lhe pedir peixe ele não será dada uma cobra. Deus é nosso pai e Ele lhe dará boas coisas aos que lhe pedirem. Vemos também a dedicação e altruísmo de Hannah quando ela voltou seu filho ao serviço de Deus. Temos de ser generosos com as coisas que Deus nos dá e dispostos a compartilhar com os outros e deixar as coisas ser usado para a glória de Deus. 


Versículo para  memorizar 


"Peçam, e lhes será dado; procurar, e encontrarão; batam, e a porta será aberta.
Pois todo o que pede recebe, e quem procura encontra, e àquele que bate, a porta será aberta. "Mateus 7:7-8 NVI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna.
João 4:14

E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.
Apocalipse 22:17
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

whos.amung.us