Porque os Cristãos Evangélicos hoje estão cada vez mais descredibilizados?

A IGREJA HOJE ESTÁ:

19 de setembro de 2015

Estudo Bíblico - Amando o nosso próximo


Cada um de nós é especial para Deus
Muitas pessoas sentem que são um fracasso. Elas podem não ter progredido em sua educação, podem ter dificuldades em manter suas famílias, podem ter falta de confiança por falta de conhecimento externo. Quando outros pedem a sua opinião, elas podem sentir que não têm nada para compartilhar. Esta falta de autoconfiança é algo que vai contra os ensinamentos bíblicos.
Leia Mateus 10:29 e Salmos 139:13-16
Vemos aqui quanto valor Deus dá a cada um de nós. Nenhum de nós é imprestável aos olhos de Deus. Para Ele, todos nós somos especiais e temos valor.
Leia Lucas 15:1-2
Jesus estava disposto a se relacionar com todo tipo de pessoa – não importava o que os outros pensavam delas. Isto mostra a disposição de Deus em aceitar todas as pessoas e a nossa condição igualitária diante de Deus. Jesus só condenava as pessoas, se elas se considerassem melhores do que o seu próximo (Lucas 18:9-14). Em nosso trabalho com pessoas e comunidades, precisamos trabalhar com o pobre e o oprimido – e não por eles. Precisamos valorizar cada pessoa e ajudá-las a se sentirem mais positivas sobre si mesmas. Precisamos desenvolver a nossa capacidade de ouvir e compreender.
  • Quão bom você é em ouvir as preocupações de outras pessoas? Você realmente ouve e incentiva as pessoas a compartilharem as suas preocupações, ajudando-as a descobrir o que devem fazer? Ou você só fica esperando uma pausa na conversa para dar-lhes o seu conselho?
  • O que você gostaria que fosse diferente em sua vida? O que você está disposto a fazer para que mudanças aconteçam? Você precisa de ajuda e apoio de outros? Ou de Deus?
  • O que você acha de si próprio? Você acha que o seu conhecimento e treinamento foram alcançados por esforço e trabalho árduos? Ou você considera as suas capacidades um presente de Deus – para serem compartilhadas livremente com os outros?
  • Pense sobre como você trata as pessoas com quem trabalha.

Elas são pessoas com potencial – ou pessoas com problemas enormes? Como Deus as considera?
Ore para que possamos sempre ver as pessoas como Deus as vê.
O bom samaritano
Muitas vezes, na Bíblia, somos chamados a amar nosso próximo. Conforme mostra este estudo bíblico, nosso próximo não é apenas a pessoa ao lado, e talvez nem mesmo alguém do mesmo país.
Leia Levítico 19:18, Mateus 19:19, Marcos 12:28-34 e Romanos 13:9
O que todos estes versículos têm em comum?
A parábola do bom samaritano explica o mandamento “amarás o teu próximo”.
Leia Lucas 10:25-37
Jesus ensina que nos devemos amar uns aos outros sem nos limitarmos pelas fronteiras culturais e sociais. Quando o advogado pergunta a Jesus “Quem é o meu próximo?”, ele talvez estivesse esperando que Jesus respondesse “Os outros judeus”. Porém Jesus responde de forma diferente. Não nos é dito nada sobre o homem que é atacado na parábola, embora os que estavam ouvindo fossem judeus e provavelmente tenham presumido que ele era judeu. Entretanto, um sacerdote e um levita, que eram ambos membros da elite religiosa de Israel na época, passaram pelo homem ferido. Na época de Jesus, os samaritanos eram desprezados pelos judeus. Entretanto, na parábola, é um samaritano viajante quem vê o homem ferido e sente compaixão por ele.
  • Quem é o seu próximo?
  • Pense nas vezes em que você achou difícil amar o próximo. Por que você achou difícil?
  • De que forma a sua atitude em relação aos outros mudará à luz desta passagem?

Deficiência: conhecendo nosso valor

Infelizmente a sociedade, muitas vezes, não vê o valor que Deus deu às pessoas com deficiências. Nos nossos planos e trabalho, freqüentemente deixamos de levar em consideração a contribuição enorme que as pessoas com deficiências podem dar.

Leia Efésios 2:10 e 1 Coríntios 12:7

Todos nós fomos feitos à imagem de Deus – as pessoas com deficiências e as sem deficiências. Todos nós fomos criados para um propósito, com algo valioso para oferecer. Todos nós. Deus não discrimina. As pessoas podem discriminar, mas Deus não. As pessoas com deficiências têm muito para oferecer às suas comunidades, mas, assim como todos, elas precisam de uma abertura.

  • Na nossa igreja, no nosso trabalho, na nossa vida diária,  como podemos incentivar as pessoas com deficiências a usarem os dons que Deus deu?
  • Nós, às vezes, discriminamos sem realmente ter a intenção de fazê-lo?
  • Que coisas, na nossa sociedade e na nossa cultura, dificultam para que as pessoas com deficiências alcancem o seu potencial completo? O que poderíamos fazer para melhorar a situação?

Leia Romanos 5:1-11, 8:12-17

Jesus Cristo morreu na cruz, para que pudéssemos ser reconciliados com Deus e conhecer a Sua paz perfeita, seja qual for a nossa condição física. Em Jesus Cristo, todas as pessoas podem conhecer o seu verdadeiro valor como filhos e filhas do nosso Deus Vivo.

O ministério de Dorcas

Neste estudo bíblico, vemos o valor de uma mulher em particular no serviço de Deus – Dorcas.

Leia Atos 9:36-39

Dorcas tinha um grande amor por Deus. Ela dedicava tempo à oração e ao estudo da Bíblia. Do seu amor a Deus, veio um grande amor por outras pessoas. Repare que ela sempre ajudou os pobres, não apenas quando tinha tempo e recursos, mas sempre.

  • Deus nos chamou para fazer o quê?
  • Quem se beneficia com o nosso trabalho? Nós mesmos, nosso orgulho ou outras pessoas?

Leia Atos 9:40-42

Deus levantou Dorcas dos mortos porque Ele teve compaixão pelas pessoas que lamentavam a sua morte. Seus amigos, especialmente os pobres e as viúvas, sentiam muita falta dela.

  • Quando sairmos da nossa região para um novo trabalho, as pessoas ficarão felizes ou tristes?
  • Quem vai chorar, se morrermos?

Ore a oração de Paulo, em 1 Tessalonicenses 1:2-3, por todos aqueles que servem os pobres.

Mostrando graça para com nossos inimigos

Muitas vezes é duro mostrar compaixão às pessoas que não conhecemos ou achamos difíceis. É ainda mais duro quando somos odiados ou ameaçados pelas pessoas a quem podemos ajudar. O ensinamento da Bíblia sobre como abordar nossos inimigos é bastante claro.

Leia Mateus 5:43-48

Jesus pede a seus ouvintes que amem seus inimigos. Ele usa o exemplo de Deus, que faz com que o sol se levante e a chuva desça igualmente sobre justos e injustos. A maior mostra de amor incondicional é a graça de Deus através de Jesus Cristo. Ele nos ama apesar do nosso pecado.

  • O que Jesus nos desafia a fazer no versículo 46?
  • O que ele também nos desafia a fazer no versículo 47?
  • Que implicações isto tem para nossas relações com as pessoas que nos ferem?

O versículo 48 incentiva-nos a procurar a perfeição ou a integralidade – uma idéia que está bem próxima da plenitude da paz. Embora nunca venhamos a ser perfeitos nesta terra, devemos procurar seguir o exemplo de Deus, mostrando graça para com nossos inimigos e indo até eles.

Veja também

Romanos 12:4-8 Um corpo, muitos membros
1 Coríntios 12:12-31 Um corpo, muitos membros
1 Tessalonicenses 2:9 Trabalhamos noite e dia
Tiago 1:12 Bem-aventurado o varão que persevera
- See more at: http://tilz.tearfund.org/pt-pt/admin/themes_old/church/church_mobilisation/church_mobilisation_resources/bible_studies/loving_our_neighbours/#sthash.OxtPnUNU.dpuf

Nenhum comentário:

Postar um comentário

aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna.
João 4:14

E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.
Apocalipse 22:17
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

whos.amung.us